Capoeira

 

Historia da Capoeira

 

A capoeira é uma forma de arte que desafia a descrição. É uma luta, é dança, um jogo. É criatividade, intuição, graça, força, história e tradição. Para entender o movimento, a música e o magnetismo da Capoeira, devemos explorar a tradição fascinante da arte e a história misteriosa. A capoeira é uma história de triunfo e liberdade.

Enraizada nas ricas culturas trazidas para o Brasil pelos africanos escravizados, a história da capoeira é assunto de muito debate. A história da capoeira e suas lendas foram transmitidas oralmente de ex-escravos que passaram a arte para seus alunos. São ensinamentos desses antigos mestres e alguns documentos sobreviventes que contam a história dessa arte singular.

A origem da capoeira remonta a cerca de 500 anos do início do período de comércio de escravos no Brasil. Ao longo dos 488 anos de comércio de escravos no Brasil, várias tribos da África Ocidental e Central se encontraram e se misturaram nas senzalas e nos quilombos. Desta mistura de culturas africanas surgiu uma mistura de tradições, rituais, ritos de passagem, comida, dança, linguagem e religião. Aos poucos, nasceu uma nova identidade afro-brasileira com um conjunto distinto de práticas culturais. Com essa nova identidade surgiu o desenvolvimento da Capoeira, uma prática que anos depois seria referida como a arte da libertação.

A capoeira e seus praticantes perseveraram através de séculos de marginalização e discriminação e hoje a arte evoluiu da prática cultural para a arte marcial e o modo de vida. Essa arte ilegal e clandestina de fortalecimento físico e espiritual, transformou-se em um marco da cultura popular brasileira e hoje é reconhecida como um esporte nacional.